Janela partidária muda quase 40% da bancada da Câmara de Jacareí

Duas das cinco mudanças em Jacareí são de vereadores que devem sair candidatos à prefeitura na eleição deste ano

Thaís Leite @_thaisleite | @_thaisleite

O período de 'janela partidária' alterou, até o momento, o partido de 38% da bancada de 13 vereadores que forma a Câmara de Jacareí.

Conforme apurou OVALE, cinco vereadores já confirmaram a mudança de legenda. O prazo para que a mudança não culmine em perda de mandato por infidelidade partidária vai até 4 de abril. Por enquanto, perdem a vez no plenário partidos como o PV (Partido Verde), PSB (Partido Social Brasileiro) e o PSC (Partido Social Cristão), além do PT e PSDB terem o número de parlamentares reduzidos.

Uma das primeiras mudanças anunciadas foi a do vereador Arildo Batista, que estava no PT (Partido dos Trabalhadores) e agora deve concorrer a prefeito pelo PTB (Partido Trabalhista Brasileiro).

"Minha saída do PT já era uma perspectiva lá de trás, assim que acabou a eleição de 2016, até porque eu não seria mais candidato a vereador", disse.

Outro nome ao Paço que tem novo partido é o vereador Fernando Ramos, que passou do PSC para o Republicanos. No Facebook, ele agradeceu aos integrantes da legenda.

"Minha gratidão ao deputado federal Milton Vieira, ao nosso coordenador regional Shakespeare, aos nossos pré-candidatos e aos amigos e amigas".

O período de janela afetou toda a bancada feminina da Câmara. Márcia Santos, do PV, e Sônia Patas da Amizade, do PSB, se uniram ao PL (Partido Liberal). Lucimar Ponciano, eleita no PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira), migrou para o MDB (Movimento Democrático Brasileiro).

"Vou continuar meu projeto político numa linha com mais independência de discussão, mais independência de participação, de comunidade", justificou, Lucimar..

 

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.