Impressão de boletins na Câmara de Taubaté será retomada até maio

Câmara finalizou compra de papeis que permitirá a retomada, em pleno ano eleitoral, da impressão do Boletim Legislativo, que reúne notícias sobre votações e eventos na Casa

Julio Codazzi @juliocodazzi | @jornalovale

A Câmara de Taubaté pretende retomar entre abril e maio a impressão e distribuição do Boletim Legislativo.

A licitação para a compra do papel que será utilizado foi finalizada na sexta-feira. O custo total, que poderia ser de R$ 77,2 mil, ficou em R$ 49,1 mil.

Dois dos três lotes - um para aquisição de 800 resmas de papel sulfite A4 e outro de 1.200 resmas de sulfite A3 - serão comprados da Mb Distribuidora de Papeis, que receberá R$ 46,5 mil. O terceiro lote, para compra de 10 pacotes de papel off-set, foi vencido pela RVN Distribuidora de Produtos, que receberá R$ 2.600.

O papel off-set será usado para confecção de convites para homenagens. O A4 é para demandas internas da Câmara. Já o A3 será utilizado para a retomada da impressão do Boletim Legislativo, publicação que reúne notícias sobre votações e eventos na Casa, além dos atos oficiais.

Os boletins deixaram de ser impressos no fim de 2016, quando o Legislativo implantou o projeto 'Câmara sem papel'. A retomada da impressão irá ocorrer justamente em um ano eleitoral, quando os 19 atuais vereadores disputarão a reeleição ou serão candidatos à prefeitura.

A Câmara alegou que, com a retomada da impressão, o material "será distribuído à sociedade", para que a população "tenha conhecimento dos trabalhos legislativos realizados".

Desde o início desse ano, o Boletim Legislativo passou por uma reformulação e passou a destacar individualmente cada parlamentar, com a respectiva foto e com um resumo da fala de cada vereador que subiu à tribuna na sessão ordinária anterior. Questionada pela reportagem, a Câmara não informou o custo total da operação, que além da compra de papel ainda inclui gastos com impressão e distribuição..

 

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.