Governo anuncia R$ 100 milhões para hospitais do estado

Instituições que receberão o montante ainda serão definidas; até 377 hospitais e Santas Casas poderão ser beneficiados

Da redação @jornalovale | @jornalovale

O governo estadual vai repassar R$ 100 milhões para até 377 Santas Casas e hospitais filantrópicos ou municipais de pequeno porte em todo estado de São Paulo para enfrentar o coronavírus.

Os recursos emergenciais devem ser repassados em abril, maio, junho e julho, com R$ 25 milhões por mês. Segundo o governo, o reforço será utilizado no custeio dos hospitais e no atendimento de pacientes de coronavírus.

As Santa Casas e hospitais que irão receber a verba ainda não foram definidos pelo governo estadual. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, isso ocorre porque os interessados em receber o custeio ainda devem demonstrar interesse por meio do Departamento Regional de Saúde. Desta forma, os contemplados serão definidos e anunciados posteriormente.

"O objetivo é que esses hospitais aumentem a capacidade e desafoguem os demais, sobretudo no atendimento de média e alta complexidade que possam receber doentes e infectados com coronavírus", afirmou o governador João Doria (PSDB).

A meta do governo é ampliar em 30% a capacidade de leitos nesses hospitais. A iniciativa prevê mais vagas disponíveis para pacientes com sintomas do coronavírus em serviços de maior porte..

 

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 8,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.