Estado irá repassar R$ 3,45 milhões para 33 municípios da região

Verba para enfrentamento do novo coronavírus será repassada a municípios com menos de 100 mil habitantes

Da redação @jornalovale | @jornalovale

Os 33 municípios da região que têm menos de 100 mil habitantes irão receber R$ 3,45 milhões do governo estadual para o enfrentamento do novo coronavírus. O anúncio foi feito na sexta-feira pelo governador João Doria (PSDB). O montante que cada município irá receber é proporcional ao número de habitantes (são R$ 4 por habitante) - juntas, as 33 cidades somam 863 mil moradores.

A lista tem Caçapava (R$ 373 mil), Ubatuba (R$ 358 mil), Lorena (R$ 353 mil), São Sebastião (R$ 350 mil), Cruzeiro (R$ 327 mil), Campos do Jordão (R$ 207 mil), Tremembé (R$ 186 mil), Aparecida (R$ 144 mil), Ilhabela (R$ 137 mil), Cachoeira Paulista (R$ 132 mil), Potim (R$ 96 mil), Cunha (R$ 86 mil), Paraibuna (R$ 72 mil), Santa Branca (R$ 58 mil), Piquete (R$ 54 mil), Queluz (R$ 52 mil), Bananal (R$ 43,5 mil), São Bento do Sapucaí (R$ 43,4 mil), São Luiz do Paraitinga (R$ 42,7 mil), Roseira (R$ 42,4 mil), Igaratá (R$ 37 mil), Lavrinhas (R$ 28 mil), Santo Antônio do Pinhal (R$ 27 mil), Natividade da Serra (R$ 26 mil), Jambeiro (R$ 25,9 mil), Silveiras (R$ 25 mil), Canas (R$ 20 mil), Lagoinha (R$ 19 mil), Monteiro Lobato (R$ 18 mil), São José do Barreiro (R$ 16 mil), Areias (R$ 15,5 mil), Redenção da Serra (R$ 15,4 mil) e Arapeí (R$ 9,9 mil).

Em todo o estado, os 565 municípios com menos de 100 mil habitantes receberão R$ 40 milhões. Na quinta-feira, o governo Doria já havia anunciado R$ 218 milhões para cidades com mais de 100 mil habitantes - nesse pacote estavam São José dos Campos, Taubaté, Jacareí, Pindamonhangaba, Guaratinguetá e Caraguatatuba, que juntas receberão R$ 16,3 milhões. Ao todo serão distribuídos R$ 309 milhões às prefeituras paulistas a partir da próxima semana. "Todos os valores deverão ser investidos para o custeio, a compra de insumos, e montagem e operação de hospitais de campanha", disse Doria..

 

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 8,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.