São José registra duas mortes suspeitas

Pacientes morrem no Hospital Municipal no sábado e na quarta com sintomas do vírus

Da redação @jornalovale | @jornalovale

A Prefeitura de São José dos Campos registrou os dois primeiros casos de morte suspeita por coronavírus.

Os óbitos ocorreram no sábado (21) e na última quarta-feira (25), mas só foram divulgados na quinta-feira (26). Além disso, já são 11 os casos confirmados na cidade.

Taubaté também registrou a primeira morte por coronavírus, de um homem de 67 anos internado no Hospital Universitário (leia mais nesta página).

Ainda há três mortes por suspeita de coronavírus em investigação no Vale, em Cachoeira Paulista, São Sebastião e Guaratinguetá.

Até esta quinta-feira, a região contava com 16 casos confirmados da doença, sendo 11 em São José, dois em São Sebastião, dois em Taubaté e um em Jacareí. Outros 635 casos seguem em investigação, com pacientes em isolamento domiciliar e alguns internados.

A Secretaria de Saúde de São José informou que o primeiro caso foi de um homem de 61 anos, que morreu no sábado, no Hospital Municipal.

O paciente tinha outras comorbidades, entre elas problemas cardíacos, mas teve rápida evolução para um quadro de insuficiência respiratória.

O segundo foi de um homem de 41 anos, que também morreu no Hospital Municipal. O paciente havia sido internado no dia anterior com sintomas compatíveis ao coronavírus. Ele já tinha outras doenças..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 8,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.