Após sequência de falhas, Jacareí promete entrega de uniformes dentro do prazo

Segundo a prefeitura, uniformes de verão devem chegar ainda no mês de janeiro; aulas têm início em 10 de fevereiro

Thaís Leite @_thaisleite | @_thaisleite

Após uma série de atrasos na entrega dos uniformes escolares, o governo Izaias Santana (PSDB) deve oferecer os conjuntos aos alunos da rede municipal dentro do período programado em 2020.

De acordo com a Secretaria de Educação, a previsão é a de que os uniformes de verão cheguem no mês de janeiro e os do período de inverno durante o mês de fevereiro. As aulas devem começar no dia 10 do próximo mês.

Para este ano, a empresa responsável pela confecção é a Nilcatex Têxtil, que já chegou a ser proibida de integrar certames da prefeitura pelo período de um ano. O caso foi em 2018, quando a empresa chegou a ser anunciada vencedora da licitação, mas depois acabou desclassificada por apresentar produtos que não estariam dentro do padrão exigido em edital.

O atual contrato tem o custo de R$ 1,8 milhão, e é avaliado como positivo para a prefeitura, que pagou R$ 1,9 milhões para a Comercial Creme Marfim confeccionar os uniformes no ano passado.

Apesar do alto custo, em 2019 foram registradas queixas de pais de alunos que contaram, e mostraram, que os uniformes entregues eram 'gigantes' para as crianças. Segundo o município, a falha não deve ser repetida.

"A prefeitura já recebeu as amostras do material e fez a análise, tendo como uma ação complementar foi enviado para as escolas em 2019, amostras dos uniformes, por tamanho, onde as mães puderam fazer a prova e medir a numeração correta", informou a Secretaria de Educação.

PRODUTOS.

Assim como no ano passado, devem ser entregues 13.500 uniformes escolares. O valor unitário das roupas é de R$ 133,40. O kit de produtos inclui camisetas de manga curta, manga longa, blusa de agasalho, calças de agasalho e shorts ou shorts saia..

 

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.