Câmara de Taubaté terá, ao mesmo tempo, seguranças efetivos e terceirizados

Terceirizados vão substituir três vagas de efetivos que foram fechadas com a aprovação da minirreforma do Legislativo

Julio [email protected] | @jornalovale

Embora a previsão de extinguir futuramente os cargos de segurança tenha ficado de fora do texto final da minirreforma administrativa da Câmara de Taubaté, a Casa deve abrir uma licitação para contratar vigilantes terceirizados. O certame irá prever três postos de vigilância, que irão atuar na portaria principal, no controle de entrada e saída de veículos e nas áreas internas do prédio.

Antes da minirreforma a Câmara tinha 21 cargos de carreira de segurança, mas apenas 18 estavam preenchidos. O texto original previa que os três cargos abertos fossem extintos de imediato e que os demais deixassem de existir assim que os atuais ocupantes se aposentassem. Após impasse entre vereadores, a extinção na vacância acabou retirada do texto. A terceirização irá suprir apenas os três cargos extintos.

Ou seja, a Câmara passará a ter, ao mesmo tempo, seguranças de carreira e terceirizados. Mesmo assim, o Legislativo alega que não haverá sobreposição de serviços.

"Não cabe ao segurança legislativo atuar em circunstância de modo a evitar ou minimizar as possibilidades de ocorrência criminal. Não são treinados para isso, e na época em que ingressaram no cargo, não foram exigidos conhecimentos específicos [para] que atuassem de forma mais consistente na criminologia da prevenção situacional, que preconiza a prevenção a partir da inacessibilidade dos alvos cobiçados por delinquentes potenciais".

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.