Logo Jornal OVALE

Vereador e secretário-geral negam irregularidades e defendem contrato

DEFESA. À reportagem, Juvenil defendeu a regularidade da licitação e a relevância do contrato. "Mesmo com a suspensão da execução do contrato, a economia na Câmara [com a conta de energia] já ultrapassa 50%", disse. "Ninguém gosta de processo, mas será uma oportunidade para que as coisas sejam ajustadas. É nossa oportunidade de defesa. Estou tranquilo".

O secretário-geral da Câmara disse que recebe com "naturalidade" a decisão que o tornou réu. "Será a hora em que poderemos esclarecer tudo, nos defendermos", afirmou. "O projeto já gera economia de R$ 20 mil ao mês".

A Mendonça & Martins também nega irregularidades..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.