Logo Jornal OVALE

Informatização da rede municipal de Taubaté deve custar R$ 2,9 milhões

Caso não haja nenhuma reviravolta na fase de recursos ou de análise do sistema, a empresa Prescon deve ser contratada pelo governo Ortiz Junior (PSDB) para informatizar a rede municipal de ensino de Taubaté.

Entre as sete concorrentes, a Prescon aceitou realizar o serviço pelo menor preço: R$ 2,939 milhões, ante um valor máximo de R$ 5,2 milhões por um contrato de 24 meses.

Nessa quarta-feira, a empresa irá demonstrar o funcionamento do sistema à prefeitura.

Uma das principais novidades do sistema será permitir que os pais e responsáveis tenham acesso pela internet -- por meio de celular ou computador - a informações sobre a vida escolar de seus filhos, tais como notas, faltas e ocorrências.

Além de todas as informações sobre os alunos, o sistema também será alimentado com dados dos professores e demais servidores da educação, como carga horária, licenças, afastamentos, faltas, atrasos e dados salariais. A prefeitura também prevê utilizar o sistema para gestão do transporte escolar (com informações como itinerários, tempo de deslocamento, dados de veículos e motoristas) e da merenda (refeições planejadas, consumo e estoque).