Logo Jornal OVALE

Sem especificar valor, JTU pede reajuste na tarifa em Jacareí

Pedido foi publicado no Boletim Oficial pela prefeitura, que afirmou seguir uma série de passos antes de decretar o valor da tarifa

Thaís [email protected]_thaisleite | @_thaisleite

A JTU (Jacareí Transporte Urbano) oficializou o pedido para revisão anual do valor da tarifa do transporte coletivo. A solicitação, que não traz nenhum valor especificado, foi publicada pelo município no último Boletim Oficial.

No despacho, o governo Izaias Santana (PSDB) informa que a fundamentação do pedido teve como justificativa fatores que provocam aumento do custo operacional, como a ampliação da quilometragem percorrida, a ampliação do número de usuários gratuitos, integração, e a perda do número de passageiros em razão de outros modais de transporte.

Em auditoria independente contratada pela prefeitura no ano passado e finalizada neste ano, o município constatou uma perda de aproximadamente 30% no número de usuários do transporte público nos últimos 10 anos. De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, a decisão do novo valor deve passar por quatro fases.

Inicialmente, a prefeitura deve disponibilizar, durante os próximos dias, uma consulta pública no site para avaliação dos moradores. Após a conclusão, será realizada uma audiência pública, e, em seguida, os resultados serão levados ao Conselho de Mobilidade Urbana. A definição do prefeito Izaias deve ocorrer após o encontro. Assim, a expectativa é de que o reajuste seja informado até o mês de setembro.

IMPEDIMENTO.

No ano passado, a prefeitura concedeu para a concessionária a isenção do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza), estimado em R$ 1,09 milhão, e, desta forma, manteve em R$ 4,10 o valor da tarifa para o usuário comum.

Neste ano, a conduta não deve ser repetida devido à aprovação de uma emenda do vereador Paulinho dos Condutores (PL) durante a discussão da lei orçamentária para 2019.

Procurada, a JTU não retornou contatos da reportagem..