Logo Jornal OVALE

Após 'censo', Taubaté vai plantar mais árvores pela cidade

Prefeitura abriu duas licitações para plantar 1.140 mudas na cidade após detectar baixa cobertura vegetal em diversos bairros; no Centro, por exemplo, cobertura vegetal é de 1%

Da redaçã[email protected] | @jornalovale

Após detectar que parte dos bairros de Taubaté tem cobertura vegetal abaixo do ideal, o governo Ortiz Junior (PSDB) abriu uma série de licitações para aumentar o número de árvores existentes no município.

Um dos processos licitatórios prevê o plantio de 780 mudas de árvores nativas (de pelo menos 1,70m) , sendo 700 em praças e parques municipais e 80 em calçadas.

Outra licitação prevê o plantio de 360 mudas de árvores frutíferas, como aceroleira, amoreira, goiabeira e pitangueira. Serão 300 em praças e parques e 60 em calçadas.

Estudo divulgado em fevereiro apontou que o município possui 10,41% de cobertura vegetal com árvores, o que corresponde a 16,61km². O maior índice foi no bairro do Pinhão (29%), mas outras localidades ficaram abaixo da média, como São Gonçalo (8%), Água Quente (6%), Areão (6%), Independência (6%), Estiva (5%), Imaculada (5%), Monção (4%), Alto de São Pedro (3%), Santa Luzia (2%), Alto de São João (1%) e Centro (1%). Esses bairros devem ser priorizados nas ações de plantio.

A Secretaria de Meio Ambiente alegou que o plantio das mudas trará benefícios como melhoria na qualidade do ar e redução da velocidade das águas da chuva.

As árvores já existentes serão objeto de outras duas licitações. Uma delas prevê um levantamento detalhado para catalogar as espécies em praças, parques e calçadas, formando um mapa virtual, com registro fotográfico, nome científico e nome popular e análise visual.

Outro processo licitatório prevê a análise da saúde de 15 árvores consideradas históricas. Esse serviço será feito com uso de um tomógrafo.

Juntas, as quatro licitações poderão custar até R$ 72 mil. As empresas vencedoras dos certames devem ser definidas ainda esse mês..