Logo Jornal OVALE

Com atraso, Ortiz envia à Câmara texto sobre Zeis de Taubaté

Zona Especial de Interesse Social é o nome da área demarcada para receber moradias para população de baixa renda

Da redaçã[email protected] | @jornalovale

Com nove meses de atraso, o prefeito de Taubaté, Ortiz Junior (PSDB), enviou à Câmara o projeto que regulamenta a Zeis (Zona Especial de Interesse Social).

A Zeis é o território demarcado de um município que será destinado a receber moradias para a população de baixa renda. No texto enviado ao Legislativo, o tucano alega que a proposta visa "garantir o direito fundamental à moradia digna" e "reduzir o déficit habitacional", que hoje é de mais de 2 mil moradias no município.

Na eleição de 2016, Ortiz prometeu construir mais 1.000 moradias na cidade, mas não existe nenhum projeto previsto. No primeiro mandato o compromisso era de 3.000 casas, mas nenhuma ficou pronta a tempo - as 1.696 construídas foram entregues com atraso, já no segundo mandato.

Segundo o Plano Diretor, em vigor desde 2017, o projeto sobre a Zeis deveria ter sido enviado até julho de 2018.

De acordo com a proposta, a classificação de uma área como Zeis será feita por decreto. Isso não poderá atingir áreas de preservação, terrenos na zona rural, áreas que apresentem risco à saúde ou dentro de zonas de desenvolvimento econômico. Empreendimentos feitos em uma Zeis terão que atender, prioritariamente, cadastrados no programa habitacional do município..