Logo Jornal OVALE

Após decreto, projeto de aplicativos de transportes é retirado do Legislativo de Taubaté

Dois dias após o prefeito Ortiz Junior (PSDB) baixar um decreto para regulamentar o serviço de transporte por aplicativo em Taubaté, o líder do tucano na Câmara, o vereador Douglas Carbonne (PCdoB), solicitou a retirada do projeto sobre o tema que tramitava desde fevereiro no Legislativo.

Nos últimos meses, o projeto de Ortiz havia recebido críticas de empresas, motoristas e vereadores, e também um parecer contrário do jurídico da Câmara. O entendimento geral era de que o texto inviabilizaria o serviço na cidade, até com a limitação do número de veículos.

Com regras mais flexíveis, o decreto foi a forma encontrada pelo governo tucano para solucionar o impasse.

As regras do decreto entram em vigor em 90 dias. Motoristas ouvidos pela reportagem disseram que o texto foi bem-aceito pela categoria..