Nossa Região

Para 75,9% dos brasileiros, fato de um candidato a presidente da República ser gay não altera vontade de votar nele, diz OVALE/Paraná Pesquisas

Da RedaçãoPublicado em 22/07/2021 às 13:53Atualizado há 27/07/2021 às 01:10
[object Object]

Eleições (Divulgação)

Levantamento feito por OVALE/Paraná Pesquisas mostra que, para 75,9% dos brasileiros, o fato de um candidato a Presidente da República ser Gay não altera em nada a vontade de votar nele.

Recentemente, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, admitiu publicamente ser gay e recebeu o apoio de políticos de vários partidos diferentes.

Ainda na pesquisa, para 13,7% dos entrevistados a orientação sexual do candidato diminui a vontade de votar nele e para 5,8% aumenta a vontade. Outros 4,6% não sabem ou não opinaram.

O levantamento foi feito entre os dias 15 e 19 de julho com 2.033 eleitores acima dos 16 anos, em 192 cidades dos 26 estados brasileiros e mais o Distrito Federal.

Segundo o instituto, a margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, com 95% de confiança.

Entre os mais jovens, entre 16 e 24 anos, a tolerância é maior e, para 80% deles não altera em nada. Essa tolerância diminui à medida em que vai aumentando a idade. Entre as pessoas com mais de 60%, apenas 64,6% disseram que o fato de o candidato ser gay não altera em nada a intenção de voto.

São José dos Campos
Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALE
Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Distribuído por:
Desenvolvido por: