Nossa Região

Vacinação dá impulso para retomada do ensino superior

Da redação@jornalovalePublicado em 16/07/2021 às 23:54Atualizado há 22/07/2021 às 12:07
Lapis (Divulgação)

Lapis (Divulgação)

A ampliação da vacinação contra a Covid-19 indica para um aumento de pessoas que pretendem cursar o ensino superior no segundo semestre deste ano ou no início de 2022.

A informação é do levantamento "Observatório da Educação Superior: análise dos desafios para 2021 - 3ª edição", feito pela Educa Insights, em parceria com a ABMES (Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior).

A pesquisa levou em consideração os entrevistados que receberam ao menos a primeira dose da vacina e aqueles que ainda não foram vacinados. Pelos dados, entre os que tiveram a imunização iniciada, 39% desejam começar a graduação no segundo semestre deste ano e 41% no início de 2022.

Já entre os que ainda não foram vacinados, apenas 16% responderam que têm intenção de começar seus cursos neste semestre e 43% vão aguardar o próximo ano letivo.

"Entendemos que a vacinação é decisiva para a retomada forte no ano de 2022 e quanto antes melhor, porque o risco de mais um semestre de atraso na procura pelo ensino superior é que esses jovens vão se formar também um semestre depois, o que certamente vai provocar risco de um apagão de mão de obra qualificada para retomada econômica do país", avalia o diretor presidente da ABMES, Celso Niskier.

AUTORIZADO.

Em pleno ritmo de retomada, o governo estadual confirmou nos últimos dias a autorização para retomada das aulas presenciais no ensino superior de instituições públicas e privadas de São Paulo.

Até então, somente cursos específicos da área da saúde estavam liberados para atividades presenciais.

Pelas regras, as instituições de ensino superior poderão receber presencialmente até 60% dos alunos. Contudo, o limite não se aplica aos cursos voltados para a área da saúde, que podem receber presencialmente 100% dos alunos. Os protocolos incluem uso de máscaras e álcool em gel.

Estudantes chegam para o segundo dia do Enem 2020, na UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro). (Tomaz Silva/Agência Brasil)
Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALE
Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Distribuído por:
Desenvolvido por: