Portabilidade pode ser solução para quem tem crédito consignado com juros acima da média, diz especialista da região

Para o BC, os tomadores de crédito consignado, teriam mais vantagens ao transferir sua operação para outra instituição, com custo menor

Da Redação | @jornalovale

Cerca de 18,9 milhões de tomadores de crédito consignado estão pagando taxas de juros acima da média atual do mercado. Estão na mesma situação outros 4,2 milhões de clientes bancários que financiaram veículos e 493 mil pessoas que fizeram crédito imobiliário. Os dados fazem parte do novo REB (Relatório de Economia Bancária), do Banco Central.

Segundo a avaliação do BC, os tomadores de crédito consignado, teriam mais vantagens ao transferir sua operação para outra instituição, com custo menor.

“Nessas modalidades, respectivamente 47% e 28% dos tomadores (25% e 12% do saldo) ativos em dezembro de 2020 estão em operações com taxas de juros acima de 25% a.a., enquanto as taxas médias em 2020 foram de 19,7% e 19,3% a.a. Com a portabilidade, os contratos apresentaram redução média de 5,7 pontos percentuais”, informou o BC.

O estudo divulgado nesta segunda-feira (7), está disponível para consulta no site do BC.

Portabilidade

Emerson leite, diretor de Negócios, da Cooperemb (Cooperativa de Crédito Mútuo dos Empregados da Embraer), explica que a portabilidade é uma forma de promover a competição e a melhoria das condições de crédito. “Entre os principais benefícios a uma expressiva redução na taxa de juros, crédito adicional e alongamento do prazo”, pontuou.

O diretor ainda destaca que para quem é cooperado a vantagem é muito maior. “Ao realizar a Portabilidade de Crédito para a Cooperativa, você também aumenta a sua participação na distribuição das sobras e contribui para a geração de recursos para a sua comunidade”.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido, assistido, curtido e compartilhado. São mais de 23 milhões de visualizações por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação da edição impressa, revistas e suplementos especiais. E sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Seja livre, seja OVALE. Viva a democracia. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.