Covid: São José tem 45,8 mil casos, registra mais três mortes e chega a 813

De acordo com a Secretaria de Saúde, as vítimas mais recentes foram um homem e duas mulheres, que faleceram no fim de semana; outras três mortes são investigadas

A Prefeitura de São José dos Campos registrou mais três mortes pela Covid-19 e chegou, nessa terça-feira (23), a 813 moradores que já faleceram com a doença até o momento. O número de casos passou de 45.549 para 45.815 em 24h.

De acordo com a Secretaria de Saúde, as vítimas mais recentes foram um homem e duas mulheres, que faleceram no fim de semana. No domingo (21), a vítima foi um homem de 91 anos, com comorbidades; no sábado, duas mulheres, de 54 (com comorbidades) e 83 anos (sem informações sobre comorbidades).

CASOS.

O município confirmou mais 266 casos da doença desde segunda-feira (22) e chegou a 45.815. Do total, há 76 pessoas internadas, com 44 na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 32 na enfermaria. Outras 2.611 pessoas estão em recuperação e 42.315 já se recuperaram.

O número de casos suspeitos está em 3.593, com 54 pessoas internadas -- 23 na UTI e 31 na enfermaria. Outras 3.536 pessoas estão em casa e há três mortes em investigação.

LEITOS.

A taxa de ocupação dos leitos exclusivos para Covid nos hospitais públicos e privados da cidade é de 65,9% na UTI e 43,7% na enfermaria. No Hospital Municipal, o percentual é de 59,2% na UTI e 50,8% na enfermaria.

VACINA.

Até as 16h, foram aplicadas 38.431 doses da vacina contra a covid desde o início da campanha: 30.908 em profissionais de saúde e trabalhadores dos serviços de apoio e 7.523 em idosos.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido, assistido, curtido e compartilhado. São mais de 23 milhões de visualizações por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação da edição impressa, revistas e suplementos especiais. E sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Seja livre, seja OVALE. Viva a democracia. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.