Suspeito mandante de crime que matou motorista de app se apresenta à polícia em Taubaté

O homem suspeito de ser o mandante do crime que matou um motorista de app de 38 anos se apresentou à polícia nessa terça-feira (23) em Taubaté. Outros quatro já haviam sido presos pelo mesmo caso na semana passada, após investigação da Polícia Civil.

Segundo a polícia, o suspeito se apresentou pois sabia que havia um mandado de prisão contra ele. O homem deve ser ouvido pela equipe nos próximos dias. Ele foi detido.

A vítima foi chamada para uma corrida no dia 4 de fevereiro e, desde então, não retornou. Ele teve o corpo encontrado esfaqueado e jogado em um lago no Maracaibo 2, em Tremembé, no dia seguinte. O carro havia sido levado.

Durante as investigações, a equipe conseguiu monitorar o rastreador do veículo e identificou que o trajeto feito pelos suspeitos seguia até Caçapava. Imagens de segurança e relato de testemunhas também auxiliaram os policiais para que chegassem até os suspeitos.

Na última terça-feira (16), dois irmãos, de 18 e 30 anos, foram presos suspeitos do crime em Caçapava. Perto da casa da dupla, a equipe encontrou partes do veículo da vítima, jogado às margens do Rio Paraíba do Sul. Questionados, eles apontaram os demais envolvidos no crime e outras duas pessoas, de 19 e 20 anos, foram presas na quinta-feira (18).

No depoimento, os envolvidos relataram que o mandante do crime também é motorista de aplicativo e teria pagado a quantia de R$ 1.500 para que o homem fosse morto. O crime seria motivado porque a vítima teria tido um relacionamento com a esposa do mandante.

O caso está sob comando da Deic (Delegacia de Polícia Especializada de Investigações Criminais, de Taubaté e Sig (Setor de Investigações Gerais), de Tremembé.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido, assistido, curtido e compartilhado. São mais de 23 milhões de visualizações por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação da edição impressa, revistas e suplementos especiais. E sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Seja livre, seja OVALE. Viva a democracia. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.