Adoção de animais em São José cai 20% em 2020; pandemia gera impacto

Da Redação | @jornalovale

Em 2020, São José dos Campos registrou 156 adoções de animais de estimação, contra 195 em 2019, uma queda de 20% em relação ao mesmo período do ano anterior. De acordo com a prefeitura, a pandemia do novo coronavírus impactou diretamente nestes números.

Os números, que indicavam estabilidade desde janeiro, com pico de 24 animais adotados em maio, chegaram a zerar em novembro.

Com mais pessoas em casa e menos feiras de adoção, muita gente acabou não tendo acesso ao serviço. Atualmente, o  Centro de Controle de Zoonoses de São José conta com 91 pets disponíveis para a adoção. De acordo com a prefeitura, são  85 cães e seis gatos em busca de um lar. Entre os caninos, estão 12 especiais – amputados, cadeirantes ou em tratamento crônico – e 13 filhotes. Os felinos são todos adultos.

Praticamente metade do plantel – 41 cães e cinco gatos – é composta por animais direcionados. São aqueles com comportamentos que exigem maior cuidado na escolha da destinação, além de socialização prévia com o futuro dono.

SERVIÇO.

Para realizar a adoção, é preciso comparecer ao CCZ (rua George Willians, 581, Parque Industrial), que fica aberto para visitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30. Mais informações pelo telefone 3931-2292 ou 3934-4923.

No local, os interessados preenchem uma ficha e podem ver o book de fotos dos dogs e bichanos para fazer a escolha. Dependendo das características do animal, é necessária uma avaliação prévia do local onde ele ficará.

Após a adoção, uma equipe faz uma visita ao endereço para verificar a adaptação do animal. Os tutores ficam com o pet em período de teste por 15 dias. Passado esse tempo, a adoção é oficializada.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido, assistido, curtido e compartilhado. São mais de 23 milhões de visualizações por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação da edição impressa, revistas e suplementos especiais. E sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Seja livre, seja OVALE. Viva a democracia. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.