Trabalhadores demitidos fazem acampamento em frente à Embraer

Sindicato dos Metalúrgicos disse que trabalhadores e dirigentes sindicais permanecerão no local diariamente

@Da redação | @jornalovale

O Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos informou que dá apoio a um acampamento de trabalhadores demitidos da Embraer que foi montado na frente da companhia.

Os manifestantes exigem a anulação das 2.500 demissões realizadas pela empresa.

Segundo o sindicato, trabalhadores e dirigentes sindicais permanecerão no local diariamente, das 8h às 18h, sem data para terminar.

Nesta terça-feira (22), o TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 15ª Região, em Campinas, realiza uma audiência de conciliação virtual sobre as demissões na Embraer.

O sindicato entrou com ação de dissídio coletivo contra a Embraer para requerer o cancelamento de todas as dispensas, inclusive as referentes ao PDV (Programa de Demissão Voluntária) --1.600 desligados por meio do PDV e 900 demitidos.

“Estamos convocando os trabalhadores demitidos a virem ao acampamento para aumentar a pressão sobre a fábrica. Não vamos dar sossego para a direção da Embraer. Queremos de volta todos os empregos que foram arrancados dos trabalhadores”, disse Herbert Claros, diretor do sindicato.

Nesta segunda-feira (21), o presidente do sindicato, Weller Gonçalves, esteve em Brasília e protocolou uma carta pedindo agendamento de reunião com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Junto com dois trabalhadores demitidos da Embraer, eles exibiram uma faixa dizendo “Embraer demite usando dinheiro público. Bolsonaro, exija a anulação das demissões”.

“Este é um assunto importante demais para a nossa cidade. Temos de alertar os trabalhadores e a população de que só com muita luta e pressão poderemos reverter esse absurdo cometido pela Embraer”, disse Claros.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.