Jacareí registra mais três mortes por Covid-19 e chega 135

A Prefeitura de Jacareí confirmou três novas mortes decorrentes do novo coronavírus e chegou a 135 moradores falecidos com a doença respiratória até essa quarta-feira (16). O número de casos sofreu uma nova redução, justificada pelo município com base na mudança do sistema de infectados (leia mais abaixo).

De acordo com a Secretaria de Saúde, as vítimas mais recentes foram três homens que tinham comorbidades. O primeiro tinha 82 anos e faleceu no dia 4 de setembro, em unidade particular de saúde. O segundo tinha 76 e veio a óbito no dia 12 de setembro, em hospital público. O terceiro tinha 71 anos e faleceu no dia 13 de setembro, também na rede pública.

CASOS.

Segundo a prefeitura, uma 'limpeza' no banco de dados do e-SUS voltou a provocar redução no número de casos em razão de duplicidade e de registros de residentes de outros municípios, que haviam sido computados para Jacareí. 

Agora, a cidade soma 3.094 casos confirmados, com 1611 homens e 1486 mulheres. No total, são 23 internados 23 (cinco em hospital público – sendo um em UTI –, e 18 em hospital privado – sendo cinco em UTI), 274 em isolamento domiciliar e 2.665 recuperados.

A faixa etária que predomina nos dados dos casos confirmados é a entre 30 e 45 anos, com 1177 casos, seguida da faixa entre 45 e 60 anos, com 740 casos. Depois estão os jovens entre 15 e 30 anos, com 620 casos. Os idosos de 60 a 75 anos vem na sequência, com 348 casos. Seguidos daqueles que têm mais de 75 anos, com 138 casos confirmados. E a faixa dos menores de 15 anos tem 74 casos.

SUSPEITOS.

Os casos suspeitos (aguardando confirmação por exames) foram para 1584, com 16 pacientes internados (11 em hospital público – sendo um em UTI –, e cinco em hospital privado – dois em UTI) e quatro óbitos suspeitos da doença. Todos estes casos aguardam resultado dos exames já realizados.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.