Nossa Região

Corregedoria apura conduta de guardas em ação truculenta no centro de São José

10/08/2020 às 16:43.
Atualizado em 24/07/2021 às 16:10
Senhor foi alvo de ação truculenta da GCM no centro de São José (Rafael Farah Araujo)

Senhor foi alvo de ação truculenta da GCM no centro de São José (Rafael Farah Araujo)

A Corregedoria da Guarda Civil Municipal deve apurar a conduta de três agentes envolvidos em uma abordagem truculenta na manhã desta segunda-feira (10) no centro de São José dos Campos. Em vídeo, os homens aparecem tentando derrubar um senhor enquanto moradores gritam por sua soltura.

Em imagens registradas pelo morador Rafael Farah Araujo, o homem é visto sendo detido pelos guardas municipais, enquanto tenta segurar sua cadela nos braços. Em determinado momento, ela chega a cair no chão e tem início uma abordagem mais bruta da GCM, que aparenta tentar derrubar o homem. Em outro vídeo, ele aparece no chão. Aos fundos, é possível ouvir moradores gritando que o senhor seria morto.

Para moradores, os guardas teriam alegado que o senhor teria os desacatado. O homem teria tentado entrar no Mercado Municipal acompanhado de sua cachorra quando foi impedido pelos guardas. Na ação, o trio alega que ele teria jogado café contra um deles.

Comerciantes e testemunhas do caso discordam da versão da corporação, e apontam que ele estaria em mendicância no local. O homem é figura conhecida na cidade, sempre acompanhado de seu animal de estimação. Ele foi levado ao 1º Distrito Policial, onde o caso foi registrado e deve ser investigado.

Em nota, a Prefeitura de São José dos Campos informou que as imagens da ocorrência estão sendo analisadas para apuração de responsabilidades e tomada de providências. Enquanto a apuração não for encerrada, os guardas envolvidos devem realizar serviço administrativo. O prazo para conclusão da apuração é de 15 dias, podendo ser prorrogado para mais 15 dias.

Nas redes sociais, o prefeito Felicio Ramuth (PSDB) também lamentou a cena e pediu desculpas ao senhor. "Na minha opinião essa abordagem excedeu muito o limite razoável do que deveria ter sido feito", disse.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por