Estado descarta erro nos dados e pede 'cautela' a prefeitos do Vale; secretário defende diálogo

Prefeitos das principais cidades apontam distorção em dados da Covid-19 e anunciam avanço para fase amarela à revelia do Estado

@Da redação | @jornalovale

O secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, pediu cautela aos prefeitos do Vale do Paraíba que se rebelaram contra a manutenção da região na fase laranja do Plano São Paulo.

Ele também garantiu que o Estado irá dialogar com os mandatários insatisfeitos, mas negou que haja erros nos dados usados pelo governo estadual para classificar o Vale no plano.

“Na atualização do Plano São Paulo, a região do Vale do Paraíba segue com crescimento de 23% no número de casos e 20% no de óbitos, portanto a manutenção da região com a fase laranja nesse momento.”

Após anúncio da manutenção do Vale na fase laranja, nesta sexta-feira (24), prefeitos das principais cidades afirmaram que decretarão, por conta própria, a passagem dos municípios para a fase amarela, permitindo a abertura de bares, restaurantes e salões de beleza, mesmo á revelia do Estado.

“Houve discordância dos prefeitos e vamos dialogar com eles, apresentando os dados e dizer da importância de seguir com essa cautela estabelecida pelos indicadores do Plano São Paulo”, afirmou o secretário.

Sobre suposta distorção nos dados alegada por prefeitos da região, entre eles o de São José dos Campos, Taubaté e Jacareí, Vinholi disse que a “base oficial do governo estadual não identificou qualquer tipo de erro”.

“Evidentemente que estamos abertos ao diálogo. Mesmo assim, houve variação grande dos óbitos na região nesse período, e permanece na fase laranja, de atenção para a população do Vale”, completou o secretário.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.