Profissionais da saúde poderão se candidatar para testagem de vacina chinesa; veja critérios

http://www.ovale.com.br |

O governo do Estado de São Paulo anunciou na tarde desta segunda-feira (6) que tem início no dia 20 de julho as testagens para a vacina chinesa contra o novo coronavírus. O procedimento vai integrar nove mil voluntários da área da saúde, que poderão se inscrever a partir da próxima segunda-feira (13).

A vacina é desenvolvida em uma parceria entre a Sinovac Biotech e o Instituto Butantan. As aplicações das doses acontecerão em 12 centros laboratoriais, distribuídos entre o estado de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e Distrito Federal. 

No caso de São Paulo, são sete centros que irão realizar a testagem: Hospital das Clínicas, Instituto de Infectologia Emílio Ribas, Hospital Israelita Albert Einstein, Universidade Municipal de São Caetano do Sul, Unicamp, Centro de Saúde da Universidade de São Paulo e Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto.

Segundo Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, a proximidade de moradia do voluntário ao centro de testagem deve ser um dos fatores analisados. Para se inscrever, o voluntário deve acessar a um aplicativo, que ainda será lançado.

Confira critérios para a seleção de candidatos:

- Ter mais de 18 anos;

- Ser profissional da área da saúde atuante no atendimento de pacientes da Covid-19;

- Não ter infecção prévia pelo novo coronavírus;

- Não participar de outros estudos;

- Não estar grávida ou planejar engravidar nos primeiros três meses de estudo;

- Não ter doenças instáveis, ou que afetem a resposta imune ou que precisem de medicações que alterem a resposta imune;

- Não ter outras alterações que impeçam o cumprimento dos procedimentos de estudo (alterações mentais, distúrbios de coagulação, etc).

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.