Trabalho presencial é alvo de queixa de professores da rede

Servidores apontam crescente de casos e insegurança no trabalho; município defende que atua com segurança

Da redação @jornalovale | @jornalovale

O trabalho presencial diário nas escolas de São José dos Campos tem sido alvo de constantes críticas dos professores da rede, que retornaram para as unidades no início do mês.

Segundo a categoria, faltam equipamentos de proteção, infraestrutura e sobram aglomerações no transporte público e medo de contaminação pelo coronavírus. Os professores defendem ainda que preparar as atividades de casa seria mais produtivo.

"A gente só quer poder trabalhar em segurança, porque a gente sai de casa e não sabe como volta. Nossa sensação é de insegurança, porque não há como higienizar completamente um prédio todos os dias, principalmente nas mudanças de turno", afirmou a professora Luana Rodrigues.

Na sexta-feira, a Secretaria de Educação se reuniu com professores após um turno se recusar a entrar em uma escola com casos. Em nota, a prefeitura reiterou que fez uma limpeza rigorosa nas escolas antes do retorno dos professores e determina o uso de máscaras e constante higiene.

"Em caso de notificação de caso positivo, a Secretaria segue as orientações do Comitê do Coronavírus, reforçando a sanitização e orientando o profissional a ficar em casa"..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.