Justiça barra flexibilizações de Cruzeiro e Lavrinhas

QUARENTENA. A Justiça barrou parte do modelo de flexibilização adotado até então nas cidades de Cruzeiro e Lavrinhas. As decisões foram proferidas após pedido do Ministério Público.

Em ambas as cidades, trecho do pedido da promotoria se baseou na proibição da inclusão de salões de beleza e barbearias durante a retomada econômica iniciada no dia 1º de junho. Segundo o Plano São Paulo, as duas se encontram na fase 2, de controle do vírus, que ainda não incluiria a reabertura desses estabelecimentos.

As prefeituras informaram à reportagem que farão as adequações exigidas..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.