Sindicato pede desinfecção de USF após casos de Covid-19

Dos oito funcionários, seis foram afastados, sendo três casos positivos e três casos suspeitos da doença

O Sindicato dos Servidores cobra que a Prefeitura de São José dos Campos faça a desinfecção imediata da USF (Unidade de Saúde Família) do Jardim Santa Hermínia.

O motivo: segundo a entidade, dos oito funcionários que atuavam no local, seis foram afastados: três com caso confirmado de Covid-19 e três com suspeita.

O sindicato pede ainda que os outros dois servidores sejam submetidos a testes e que nenhum funcionário de outra unidade seja transferido para o Santa Hermínia enquanto a USF não for desinfectada.

Em nota, a Secretaria de Saúde alegou que “todas as medidas sanitárias para resguardar a saúde de funcionários e usuários foram tomadas”. A pasta afirmou que “os profissionais que testaram positivo foram afastados de suas funções e só voltarão ao trabalho depois de encerrado o período de transmissão da doença”, e que “para que não houvesse interrupção no atendimento, foram deslocados para o local profissionais de outras unidades de saúde”.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.