Caçapava libera missas e cultos na pandemia

http://www.ovale.com.br |

A Prefeitura de Caçapava publicou um decreto nesta sexta-feira (22) em que libera a retomada da realização de missas e cultos no município, em meio à quarentena estadual contra o novo coronavírus.

No texto, o prefeito exclui missas, cultos e demais atividades religiosas do conceito de 'eventos', antes temporariamente proibidos no município. Para a realização, as igrejas devem adotar distância mínima de 1,5 metro por pessoa, disponibilizar álcool em gel ou água com sabão e controlar o acesso de pessoas.

Segundo o último boletim epidemiológico, Caçapava soma 28 casos positivos do vírus, com 13 curados, seis internados e oito pessoas em casa. Uma pessoa morreu em decorrência da doença no município. Há ainda 16 casos suspeitos.

A Diocese de Taubaté, que abrange as igrejas católicas de Caçapava, informou que embora haja permissão, as paróquias irão aguardar, por questão de prudência, até o dia 31 de maio. A data é o último dia da atual quarentena adotada pelo estado de São Paulo.

"Nesse tempo também, a Igreja deverá se preparar mais adequadamente à retomada das celebrações, seguido as orientações sanitárias", diz nota.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.