ONU alerta contra xenofobia e ódio durante a pandemia

Por causa da pandemia, não poderemos realizar as atividades presenciais como as que foram feitas em 2019

Da Agência Brasil @jornalovale | @jornalovale

O secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), António Guterres, pediu nesta sexta-feira que se fortaleça a "imunidade das sociedades ao vírus do ódio". Ele considera que, com a pandemia da covid-19, tem sido desencadeado um "tsunami de ódio e xenofobia".

As Nações Unidas pedem esforços globais "para acabar com o discurso de ódio", que tem aumentado com a crise pandêmica. "O sentimento contra estrangeiros aumentou online e nas ruas, as teorias de conspiração antissemitas se espalharam, e ocorreram ataques contra muçulmanos relacionados com a pandemia", lamentou Guterres, nas redes sociais. O novo coronavírus "não se importa com quem somos, onde vivemos ou no que acreditamos", disse o secretário-geral da ONU, lembrando ainda que, "no entanto, a pandemia continua a desencadear um tsunami de ódio e xenofobia, bodes expiatórios e medo"..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.