Embraer entrega primeiras peças para respiradores pulmonares

A Embraer iniciou nesta semana as entregas dos primeiros componentes para montagem de ventiladores pulmonares. A iniciativa envolve oito empresas do setor aeronáutico da região do Vale do Paraíba e de Campinas.

 

Juntas, as empresas vão apoiar a fabricação de 5 mil aparelhos até o fim de abril, com a produção de peças usinadas.

 

As fábricas estão em São José dos Campos, Jambeiro, Guaratinguetá, Taubaté e Campinas. Todas são fornecedoras da Embraer de peças de usinagem complexa.

 

O grupo é liderado pela Embraer e a cooperação visa dar escala e velocidade à produção.

Por enquanto, a capacidade produtiva diária é de 100 peças, mas vai subir para 350 nas próximas semanas. São fabricados dois componentes do equipamento.

 

As partes estão sendo entregues para uma empresa do ramo de respiradores e ventiladores hospitalares, do estado de São Paulo, que fará a montagem final dos aparelhos, essenciais para o atendimento a pacientes graves do novo coronavírus.

 

A companhia recebeu pedido do governo federal para ampliar substancialmente a produção, em uma demanda oito vezes superior à média produtiva mensal da empresa.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 8,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.