Empresa recorre de inabilitação em concorrência

DISPUTA. O Consórcio Linha Verde - SJC, formado pelas empresas Contracta e Casamax, que foi o único dos 16 concorrentes a ser inabilitado na licitação da primeira fase da obra viária da Linha Verde, apresentou recurso contra a decisão da Prefeitura de São José dos Campos.

As outras empresas têm até o dia 26 para contestar o recurso. Depois de concluída a fase de habilitação, serão abertas as propostas financeiras. Vencerá a disputa a concorrente que aceitar o serviço pelo menor valor - o contrato poderá custar até R$ 82,2 milhões, sendo que R$ 30 milhões serão custeados pelo governo estadual e o restante pelo município. Com prazo de execução de 18 meses, essa primeira etapa terá 14,5 quilômetros de extensão. É por essa nova via que irá circular o VLP (Veículo Leve sobre Pneus)..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.