Pandemia atrasa entrega do Arco da Inovação, diz prefeitura

Motivo do atraso é o avanço da pandemia do coronavírus, que provocou alterações da escala de trabalho da construtora

A Prefeitura de São José dos Campos informou neste domingo (29) que o tráfego no Arco da Inovação, a ponte estaiada em construção na região oeste, não será liberado no dia 30 de março.

Em nota, o governo informou que os trabalhos continuam e a liberação da obra está prevista para a data máxima de encerramento do contrato, no dia 22 de abril.

O motivo do atraso é o avanço da pandemia do coronavírus, que provocou alterações da escala de trabalho da construtora Queiroz Galvão, segundo a prefeitura, com “redução significativa de sua equipe de colaboradores”.

“A empresa afastou as pessoas acima de 60 anos e do grupo de risco para garantir a saúde de seus colaboradores, impossibilitando a conclusão na data prevista”, diz a nota.

A obra acumula prorrogações desde que começou oficialmente, em 2 de julho de 2018. O cronograma inicial previa que a ponte fosse concluída em 2 de setembro de 2019.

A prefeitura disse ainda que os testes técnicos de carga no viaduto foram concluídos e estão aprovados pela empresa. A obra está com 97% de execução realizada, faltando concluir juntas de dilatação e adequações. Também estão sendo executados os serviços de acabamento.

“Em seguida, a empresa responsável finalizará os trabalhos, com a limpeza da obra e desmobilização do canteiro. Toda a iluminação já foi instalada com lâmpadas e refletores LED”, disse a prefeitura.

“Com relação aos serviços da Secretaria de Mobilidade Urbana, já foi marcada a sinalização horizontal da obra. A secretaria implantou 90% do sistema semafórico no complexo e aguarda a desmobilização [da construtora] na pista para realizar o recapeamento”, completou.

VIA CAMBUÍ.

Na obra da Via Cambuí, o governo Felicio Ramuth (PSDB) manteve a data prevista para liberar o tráfego na extensão completa da nova via, em 31 de março. Dos 8,6 quilômetros de extensão, 3,5 quilômetros já foram liberados.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 8,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.