Contra coronavírus, Vale pode receber 61 profissionais do Mais Médicos

O Vale do Paraíba e o Litoral Norte podem receber até 61 profissionais do programa Mais Médicos, do governo federal, para atuação no combate ao coronavírus na região. A previsão é a de que parte dos médicos comece a atuar no início de abril.

As contratações tiveram edital emergencial, com investimento total de R$ 1,2 bilhão, lançado em resposta à disseminação do vírus no país. Na região, até quarta-feira (25) eram 13 casos confirmados e três mortes suspeitas sendo investigadas.

O edital contempla 15 cidades da região como elegíveis para receber o programa. São José dos Campos (22) e Jacareí (14), lideram o número de profissionais que podem ser recebidos.

A lista segue com Taubaté (4), Ubatuba (4), São Sebastião (3), Potim (3), Paraibuna (2), Bananal (2), Caraguatatuba (1), Cruzeiro (1), Guaratinguetá (1), Lorena (1), Silveiras (1), Igaratá (1) e Lavrinhas (1).

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.