Escola de Samba do Rio faz menção à Grávida de Taubaté

São Clemente, que desfilou na noite desta segunda-feira no grupo especial do Rio de Janeiro, fez críticas às 'fake news' e teve até uma ala das 'grávidas de Taubaté'

Da Redação | @jornalovale

A escola de samba São Clemente, que desfilou na noite desta segunda-feira no grupo especial do Rio de Janeiro, fez críticas às 'fake news' e teve até uma ala das 'grávidas de Taubaté', uma alusão à pedagoga taubateana Maria Verônica Aparecida César Santos, que em 2012 fingiu estar grávida de quadrigêmeos e chegou a receber diversas doações, além de participar de várias entrevistas de televisão. Depois, a farsa foi descoberta. 

No desfile deste domingo na Marquês do Sapucaí, a escola mostrou bastante irreverência com o enredo 'O Conto do Vigário'. A ideia da agremiação de Botafogo é revisitar o Brasil, contando malandragens e trambiques que ficaram famosos desde o período colonial. O desenvolvimento desse enredo ficou a cargo do carnavalesco Jorge Silveira. A São Clemente é a primeira escola da noite.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.