Mãe de criança que foi entregue para desconhecida por engano terá reunião com Secretaria de Educação

A mãe da criança que foi entregue a uma desconhecida por engano terá uma reunião com a Secretaria de Educação na próxima quinta-feira (22) em São José dos Campos.

De acordo com Rosângela Santos, após ela decidir transferir a filha, a prefeitura ofertou que ela matricule a criança em outra creche da rede municipal que seja de seu interesse. Apesar da distância ser maior, a oferta deve ser aceita pela mãe.

"Eles me pediram desculpas e disse que vão averiguar tudo. Vamos ter que nos deslocar a uma distância maior, mas vou tirá-la de lá", explicou, Rosângela.

ENTENDA O CASO.

Uma criança de dois anos foi entregue a uma desconhecida na quarta-feira (19) no IMI (Instituto Materno Infantil) Armilinda Locatelli de Macedo, na zona leste. A menina passou mais de 1 hora com outra mulher, uma babá que teria errado quem deveria buscar. O erro foi identificado após a mãe chegar para buscar a menina e receber a informação de que ela já havia ido embora.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.