Religiosa de São José ajuda os pobres na África

MISSÃO. Aos 39 anos, Mirian Gomes dos Santos, que é enfermeira e irmã do Instituto das Pequenas Missionárias de Maria Imaculada, congregação que nasceu em São José dos Campos, vive há sete anos na África.

Ela atua na missão de Dombe, na zona rural de Moçambique, uma vila da província de Manica, um dos lugares mais pobres do país.

"As pessoas moram em casas de palha e barro. Algumas se alimentam apenas uma vez por dia. Eles comem principalmente uma espécie de polenta (shima), feita com farinha de milho branco", afirmou.

"É uma refeição bastante pobre em nutrientes, por isso a desnutrição é grande. A grande maioria só come carne duas a três vezes no ano. É uma realidade de extrema pobreza."

A congregação mantém um centro de saúde em Dombe desde 2011. Atualmente, cinco irmãs trabalham lá. Elas fazem até 2.500 atendimentos por mês.

Em março de 2019, um ciclone provocou enchentes que quase destruíram o local. "Muitas pessoas morreram e outras perderam tudo". Mirian e outras irmãs usaram caule de bananeira como jangadas para resgatar sobreviventes das árvores e levar para uma escola. Foram resgatados 600..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.