Prefeito de Tremembé é condenado pela Justiça à perda de mandato

http://www.ovale.com.br | Thais Perez

A Justiça condenou o prefeito Marcelo Vaqueli (PSB) por improbidade administrativa em Tremembé. A decisão determina perda de cargo e ressarcimento dos cofres públicos por irregularidade na compra de materiais de limpeza na prefeitura.

Além do prefeito, foram condenados dois empresários e as empresas Prolim e Totis-X, que deverão ressarcir o patrimônio público em R$ 19.906,19, mais juros e correção. As empresas foram proibidas de participar de outras concorrências públicas.

De acordo com o Ministério Público, que fez a denúncia, as compras teriam sido feitas sem comprovação de prévia pesquisa de preço e sem que ficasse demonstrada a necessidade emergencial.

A defesa do prefeito vai recorrer a decisão.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.