Trabalhador aprova abono de R$ 1.000 na Gerdau e greve termina

Benefcio ser pago em 16 de dezembro e vai injetar R$ 2 milhes na economia

Trabalhadores da Gerdau de Pindamonhangaba aprovaram, nesta terça-feira (19), a proposta de abono salarial de R$ 1.000 apresentada pela empresa depois de um dia de greve da categoria. A empresa emprega 2.000 pessoas e atua no ramo do aço.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, todos os funcionários irão receber o benefício, previsto para 16 de dezembro, o que irá injetar R$ 2 milhões na economia.

Ainda segundo a entidade, o reajuste de salário, de 3,8%, será pago integralmente em 30 de novembro, retroagindo à data-base da categoria, em 1º de setembro.

“A união de todos foi fundamental. Conseguimos uma proposta que atende o anseio dos trabalhadores e que corresponde à realidade da fábrica, que está com boa produção. Com certeza, esse valor vai ajudar os funcionários e até o comércio com o pagamento antes do Natal”, disse Herivelto Vela, presidente do sindicato.

A Gerdau informa que a proposta de abono, oferecida aos colaboradores da usina de Pindamonhangaba (SP), foi aprovada em assembleia realizada pelo Sindicato dos Metalúrgicos hoje pela manhã. As atividades na unidade estão normalizadas

Assinar OVALE

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi to lido. So mais de 7,5 milhes de acessos por ms apenas nas plataformas digitais, alm da publicao de quatro edies impressas por dia. O importante que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem lder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crtico, plural, moderno e apartidrio. Informao com credibilidade, imprescindvel para a construo de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notcia a verdade. E ns assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalstica da regio.