Taubaté chega ao 16º caso de sarampo em 2019

A Vigilância Epidemiológica de Taubaté confirmou nesta quinta-feira (10) o 16º caso de sarampo na cidade no ano de 2019. Outros 35 casos suspeitos estão em análise.

De acordo com a prefeitura, as novas vítimas diagnosticadas são uma menina de 11 anos, moradora do Parque das Flores e um menino de 8 anos, morador do Jardim Ana Rosa. Foram realizadas ações de bloqueio vacinal no entorno dos bairros e os pacientes passam bem. 

PREVENÇÃO.

A prefeitura desenvolveu uma análise geográfica para reforçar ações estratégicas nos locais com maior incidência da doença. De acordo com o "mapa do sarampo", bairros que integram a área 1 (Água Quente, Jardim Jaraguá, Jardim Califórnia, Jardim dos Estados, Vila São Geraldo, Parque Santo Antônio, Jardim Mourisco, Vila Nossa Senhora das Graças, Vila IAPI, Jardim da Luz e Granja Daniel) devem ser priorizados, já que apresentam cinco casos confirmados. A cidade foi dividida em 10 áreas.

As doses contra o sarampo estão disponíveis em todas as unidades de saúde que dispõem de salas de vacinação em Taubaté, conforme os dias e horários específicos de cada uma delas. A relação das unidades pode ser conferida aqui.

REGIÃO.

A região ultrapassou os 100 casos de sarampo em 2019. A cidade que mais contabiliza casos de sarampo na região é São José dos Campos, com 33 casos. Em seguida, está Caçapava, com 21. A lista segue com Taubaté (16), Pindamonhangaba (8), Jacareí (7), Ilhabela (6), Lorena (2), Ubatuba (2), Campos do Jordão (2), Cruzeiro (1), Potim (1), Aparecida (1), Caraguatatuba (1) e São Sebastião (1).

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.