Logo Jornal OVALE

Defensoria pede audiência sobre Plano de Mobilidade em Jacareí

Órgão quer discutir junto ao município necessidade de que elaboração do Plano de Mobilidade aconteça posteriormente à finalização do Plano Diretor, em andamento

Thaís [email protected]_thaisleite | @_thaisleite

A Defensoria Pública solicitou uma audiência de conciliação para discutir com o prefeito de Jacareí, Izaias Santana (PSDB), a necessidade de se aguardar a finalização da revisão do Plano Diretor para que seja feita a retomada das discussões do Plano de Mobilidade Urbana.

Na ação, o defensor Bruno Miragaia afirma que pode ser prejudicial uma elaboração do Plano de Mobilidade antes do término da revisão do Plano Diretor, já que a temática dos processos estariam interligadas.

"Mostra-se ineficiente a elaboração do Plano de Mobilidade neste momento, quando o município encontra-se no processo de construção de seu novo Plano Diretor e, dentro deste, já afirmou claramente que irá contratar estudos sobre a mobilidade da cidade como um todo- o que deixa claro que até o momento não há estudos a indicar a política de mobilidade", justificou o defensor, no pedido.

A revisão do Plano Diretor de Jacareí está paralisada desde novembro do ano passado, quando a Defensoria Pública e o Ministério Público apontaram problemas como a falta de participação popular no processo. A discussão ainda está em andamento entre os órgãos, que realizam duas audiências que restaram sem conciliação junto ao judiciário.

Já o Plano de Mobilidade chegou a ter audiências públicas marcadas no mês de março, que foram suspensas pela Justiça após pedido da Defensoria. Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, novos encontros com a população para discussão do tema são previstos para ocorrerem entre os meses de outubro e novembro. Atualmente, o município faz a revisão de diagnósticos e das propostas que serão abordadas pelo governo na elaboração do procedimento.

Inicialmente, o Plano de Mobilidade tinha prazo para conclusão ainda durante o primeiro semestre. Caso o município não o apresente até o final do ano, pode ficar impedido de angariar recursos federais para a área.

Procurada pela reportagem, a Secretaria de Mobilidade Urbana optou por ainda não se posicionar diante do pedido da Defensoria Pública.

"A Prefeitura de Jacareí afirma que aguardará manifestação do poder judiciário sobre o pedido feito, recentemente pela Defensoria Pública", informou, em nota..

 

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.