Logo Jornal OVALE

Unifesp procura voluntários para pesquisa inovadora com bebês

Pesquisadores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) de São José dos Campos estão desenvolvendo uma órtese por impressão 3D para substituir o gesso no tratamento da displasia de quadril de bebês; para completar o projeto, os pesquisadores precisam de voluntários com bebês saudáveis de seis a 24 meses

http://www.ovale.com.br |

Pesquisadores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) de São José dos Campos estão desenvolvendo uma órtese por impressão 3D para substituir o gesso no tratamento da displasia de quadril de bebês. Para completar o projeto, os pesquisadores precisam de voluntários com bebês saudáveis de seis a 24 meses.

A patologia afeta 1 a cada 200 bebês nascidos e o tratamento requer imobilização com gesso por 120 dias. O trabalho será feito para uma pesquisa de mestrado profissional em inovação tecnológica da Unifesp, em parceria com o Hospital Municipal de São José  e empresa 3DTime.

Os testes, com duração de apenas 10 minutos, serão feitos dia 26 de julho, das 14 às 18h, no Hospital Municipal 'Dr. José Carvalho Florence', localizado na rua Sagiro Nakamura, número 800, na Vila Industrial, em São José.  Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 96031-1301.