Logo Jornal OVALE

Novo projeto de Felicio, 'Linha Verde' deve ter veículo leve sobre pneus

Corredor que terá início na região sul da cidade deve incluir desapropriação de áreas de transmissão de energia e dar lugar à passagem de modal destinado à transporte rápido de massa

Thaís [email protected]_thaisleite | @_thaisleite

O governo do prefeito Felicio Ramuth (PSDB) anunciou nesta terça-feira a construção de um corredor para interligar as regiões sul e leste de São José dos Campos. A obra, orçada em R$ 50 milhões, terá a primeira fase iniciada neste ano e terá um corredor, uma passagem para um transporte rápido de massa -- ainda não há definição sobre qual modelo que será utilizado.

No atual mandato, que terminará no final de 2020, está previsto o início da primeira etapa do projeto, batizado de 'Linha Verde', o que compreende as obras na zona sul, onde devem ser percorridos aproximadamente sete quilômetros. Na região, também devem ser feitas quatro novas praças e a maior ciclovia da cidade.

Segundo o Executivo, a estimativa é de que o edital seja definido até setembro.

A previsão é de que a finalização do trecho coincida com o período de elaboração do novo contrato de transporte público, em 2021. "Todo transporte rápido de massa precisa uma infraestrutura. Nós então estamos lançando já a infraestrutura", disse o prefeito Felicio Ramuth (PSDB).

PROJETO.

Em sua totalidade, o projeto terá 20 quilômetros de extensão, tendo início na Estrada do Imperador e término após o Parque Tecnológico. Ele também inclui um Anel Viário Leste, que deve permitir o acesso às proximidades do Parque sem o uso da Via Dutra.

Para a realização da obra, devem ser desapropriadas áreas de transmissão de energia elétrica da ISA CTEEP, que aterrará as estruturas metálicas para construir a 'Linha verde'. Isso em troca de cinco anos de isenção de IPTU (Imposto Predial e Territorial), no valor de R$ 45 milhões, e entrada de R$ 7 milhões. Na troca, a ISA CTEEP fica ainda com parte do terreno, que deve reservado ao setor imobiliário. Os 5% remanescentes devem ser destinados para um programa habitacional.

'Deve caminhar para o veículo leve sobre pneus', afirma Felicio sobre novo veículo

O novo modal para o transporte público joseense tende a ser o VLP (Veículo Leve sobre Pneus). A informação, apresentada pelo prefeito, é de que a confirmação sobre o modelo deve ser feita nos próximos meses.

"Tudo indica que caminha para a energia de eletrificação, não energia a diesel, sendo sustentável e economicamente viável. Deve caminhar para essa questão, deve caminhar para o veículo leve sobre pneus", disse em entrevista a OVALE.

Para o vereador Wagner Balieiro (PT), secretário de transportes na gestão Carlinhos Almeida (PT), há a necessidade de discussão com a comunidade. "Vemos com muita preocupação o descarte de todo gasto realizado com o BRT (Bus Rapid Transit) por uma proposta que não foi discutida com a população e atende apenas uma parte da cidade", afirmou.