Logo Jornal OVALE

Embraer abre 2019 com prejuzo de R$ 160,8 milhes

o quinto trimestre consecutivo com prejuzo no balano financeiro da companhia, que est em processo de acordo comercial com a Boeing

Xandu Alves | a

Pelo quinto trimestre consecutivo, a Embraer registrou prejuízo em seu balanço financeiro, desta vez de R$ 160,8 milhões de janeiro a março de 2019.

O valor é 23% maior do que o prejuízo registrado no primeiro trimestre do ano passado, de R$ 130,4 milhões.

Desde então, a companhia só apurou perdas: R$ 467 milhões no segundo trimestre de 2018, R$ 83,8 milhões no terceiro e R$ 78,1 milhões no quarto.

A retração apurada nos últimos três meses do ano passado não ocorria, para este mesmo período, desde 2011.

Com isso, a fabricante fechou 2018 com prejuízo de R$ 669 milhões, ano marcado pelo acordo com a Boeing, que comprará o controle da aviação comercial da fabricante brasileira.

A divulgação dos resultados financeiros nesta quarta-feira ainda não considerou os efeitos da separação da aviação comercial da Embraer do restante da companhia, em razão da transação comercial com a Boeing.

A previsão é que as ITR (Informações Financeiras Trimestrais) sejam publicadas em 31 de maio, já com informações sobre a separação da aviação comercial.

O resultado operacional foi negativo em R$ 53,7 milhões, influenciado pela queda no volume de entregas comerciais no período, de 22 aeronaves, 12% a menos ante as entregas do primeiro trimestre do ano passado, de 25 aviões.

A carteira de pedidos firmes da Embraer, no final de 31 de março deste ano, totalizava US$ 16 bilhões. No ano passado, em igual período, o montante era de US$ 19,5 bilhões.

Segundo Nelson Salgado, vice-presidente executivo Financeiro e de Relações com Investidores da Embraer, a carteira de pedidos está em recuperação.

“O valor do primeiro trimestre deste ano é um pouco inferior ao final de 2018 (US$ 16,3 bilhões) e bastante superior ao terceiro trimestre do ano passado (US$ 13,6 bilhões), indicando continuidade na trajetória de recuperação do backlog”, afirmou o executivo.