Logo Jornal OVALE

EDP é condenada a indenizar casal de idosos de Taubaté

http://www.ovale.com.br |

A distribuidora de energia elétrica EDP foi condenada a pagar uma indenização, por danos morais, ao casal de idosos de Taubaté que sofreu uma interrupção intencional no fornecimento do serviço, em março do ano passado. O valor é de R$ 6 mil.

Os idosos discordaram de uma cobrança extra da concessionária, que alegava que o relógio da residência não havia contabilizado corretamente o consumo de energia em anos anteriores.

Antes de reunião marcada no Procon, para discutir o assunto, a distribuidora cortou o fornecimento ao casal.

Na sentença, o juiz Carlos Eduardo Reis de Oliveira, da 5ª Vara Cível de Taubaté, disse que a EDP praticou um ato “ilícito”. A empresa recorreu ao TJ (Tribunal de Justiça) de São Paulo, que manteve a condenação e a punição em segunda estância.

Procurada, a EDP disse que vai se manifestar nos autos do processo.