ESPECIAL

Felicio Ramuth - Governança ambiental e social é prioridade

Felicio RamuthPublicado em 29/05/2021 às 02:00Atualizado há 01/07/2021 às 00:28

Incorporar e ampliar critérios socioambientais à gestão pública é um desafio para ontem. Medidas inovadoras na área ambiental devem estar no radar de todos os gestores públicos.

Isso não se limita apenas a seguir padrões internacionais de sustentabilidade na contratação de bens e serviços públicos. A cultura do desenvolvimento sustentável se fortaleceu no mundo corporativo, com investimentos em processos de produção, distribuição e venda de produtos, que servem de exemplos para a gestão pública.

A sigla ESG (em português Governança Ambiental e Social) já se tornou chancela para empresas se posicionarem na promoção do meio ambiente. Entre outras práticas, é preciso cuidar do lixo gerado, não poluir rios e mananciais (letra E, de Environmental). Deve-se promover o respeito às diferenças e minorias (S de Social) e é preciso adotar boas práticas na gestão dos negócios, sendo transparente e respeitando normas (G de Governance).

Na nossa cidade adotamos ações comprometidas com a sustentabilidade, com tecnologias que previnam e reduzam impactos ao Meio Ambiente. Na última terça-feira, sediamos o 2° Encontro Regional de Secretários Municipais de Meio Ambiente, com representantes de mais de 10 cidades no Parque Tecnológico, além das participações online.

Secretários municipais conheceram projetos e serviços desenvolvidos por nove empresas de São José e visitaram o Parque Tecnológico. Mostramos ações importantes adotadas pelo município com base na tecnologia desenvolvida por empresas e startups do Parque.

É o caso do sistema inédito no país que permite prever, com até quatro semanas de antecedência, eventuais focos do mosquito Aedes aegypti na cidade. Uma iniciativa inédita que faz parte do Plano de Governo 2021/2024 por meio da nossa Lei da Inovação.

Temos ações que colocam São José como referência para cidades de vários estados, como o uso de satélites para monitorar desmatamentos e infrações ambientais, instalação em toda a cidade de luminárias LED (fabricadas com estrutura 95% reciclável) e a Linha Verde, corredor sustentável de transporte de massa que vai funcionar com ônibus articulados de propulsão elétrica.

Nossa cidade é a terceira mais arborizada do Brasil e estamos entre as primeiras do mundo reconhecidas por seu compromisso com o manejo florestal urbano em ranking avalizado pela ONU.

O programa Arboriza São José inclui diagnóstico das árvores com aparelhos de última geração e cadastramento digital do patrimônio verde. Mais de 9 mil árvores já receberam placas QRCode, para acesso de informações como nome, altura, diâmetro, localização e fotos. Vamos identificar 80 mil árvores.

São alguns exemplos de uma cultura sustentável que está dando resultados e transformando São José dos Campos em um lugar cada vez melhor para viver..

Felicio (CLAUDIO VIEIRA)
Felicio (CLAUDIO VIEIRA)

Assuntos

LEIA MAIS

16/10/2021 - 15:37

16/10/2021 - 00:04

16/10/2021 - 00:01

VER MAIS
Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALE
Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Distribuído por:
Desenvolvido por: