A FOME AMEAA AS NOSSAS CIDADES

Luiz Paulo Costa Jornalista e escritor |

Como uma das consequncias nefastas da pandemia do novo coronavrus, o Brasil est voltando ao Mapa da Fome, alertou o economista Daniel Balaban, do Programa Mundial de Alimentos, maior agncia humanitria da ONU (Organizao das Naes Unidas). A fome no boa conselheira e ocorre nas cidades.

Na dcada perdida de 1980, So Jos dos Campos e regio sofreram com o desemprego de milhares de trabalhadores tambm com a crise da indstria blica.

Os desempregados que viviam da casa para a fbrica e vice-versa, perambulavam pelas cidades.

Em outras partes do Pas chegavam a saquear os supermercados para levar algum alimento a suas famlias.

Aqui em So Jos isto no aconteceu principalmente pela unio de todos, autoridades e lideranas comunitrias, na constituio da fundao "Fundo de Apoio aos Desempregados".

O FADE, como era chamado, conseguiu distribuir cestas bsicas s famlias vulnerveis atravs dos Vicentinos que promovem esta ao social, incentivou frentes de trabalho e apoiou a criao das chamadas atividades de fundo de quintal.

Hoje a pandemia do Covid-19 exige unio nacional, o que est difcil de ocorrer.

Portanto, nossas cidades precisam buscar a unio possvel dentro do seu territrio para enfrentar o novo coronavrus e suas consequncias como a ameaa da fome.

Mas como o progresso tem sido inexorvel, hoje nossas cidades esto mais preparadas para que isto ocorra..

Assinar OVALE

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi to lido. So mais de 23 milhes de acessos por ms apenas nas plataformas digitais, alm da publicao de quatro edies impressas por dia. O importante que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem lder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crtico, plural, moderno e apartidrio. Informao com credibilidade, imprescindvel para a construo de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notcia a verdade. E ns assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalstica da regio.