Menos acidentes e mais leitos livres para coronavírus

João Octaviano Machado Neto |

Secretário estadual de Logística e Transportes |

Maio nos remete à conscientização. Em vários países do mundo, o mês é marcado por campanhas educativas e ações que buscam alertar a sociedade para a importância da redução do número de acidentes e das mortes no trânsito. O poder público tem papel relevante nesse alerta. O assunto merece destaque o ano inteiro, todos os anos, afinal, cada vida importa, e nenhum número, mesmo que pequeno, deve ser aceitável.

Em 2020, quando milhares de pessoas estão sendo atingidas pela Covid-19, o tema tornou-se ainda mais urgente. Menos acidentes de trânsito significam menos leitos hospitalares ocupados, médicos, enfermeiros e UTIs disponíveis para atender as vítimas dessa terrível pandemia. Neste sentido, todos os esforços do Governo de São Paulo têm sido feitos com o objetivo de salvar vidas dos que precisam de atendimento médico nos leitos de UTI por causa do vírus e diminuir o número de acidentes no trânsito.

A segurança viária é uma das prioridades do Governo Paulista. Vale reforçar que são inúmeras as ações realizadas o ano inteiro pela Secretaria de Logística e Transportes, em parceira com Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Polícia Militar Rodoviária, Artesp e concessionárias de rodovias com foco na redução de acidentes e fatalidades. Além de investimentos na infraestrutura e nos esforços para a implantação da nova Matriz Logística do Estado de São Paulo, também estamos trazendo para o Estado o programa Visão Zero, que mobiliza toda a sociedade, empresas privadas e órgãos públicos na prevenção de acidentes.

É preciso manter esforços e investimentos para combater a violência no trânsito. Para isso, contamos ainda com o programa Respeito à Vida, sob o comando da Secretaria Estadual de Governo, que tem a finalidade de viabilizar projetos efetivos para salvar vidas. Atualmente, 304 cidades são parceiras do programa, responsável por quase 9 mil projetos em andamento que incluem obras em vias urbanas e rodovias, além de ações educativas e de fiscalização.

A campanha Maio Amarelo deste ano chama a atenção para o momento especial pelo qual passa o mundo, o Brasil e, em particular, o nosso Estado. Com o tema "não feche os olhos para a sua segurança" queremos redobrar a força da mensagem: menos acidentes de trânsito, mais leitos livres para atender pacientes do coronavírus.

Por causa da pandemia, não poderemos realizar as atividades presenciais como as que foram feitas no ano passado, quando mais de duzentas ações aconteceram em todo Estado. A campanha será toda pela internet e nos painéis de mensagens variáveis, espalhados pelas principais rodovias do nosso Estado.

Com diversos posts educativos e um filtro interativo no Instagram, vamos reforçar mensagens importantes e fundamentais, como, por exemplo, respeitar os limites de velocidade, não dirigir após beber, não ultrapassar o semáforo vermelho. Essas ações, que deveriam ser corriqueiras, têm enorme potencial para mudar as estatísticas e, o mais importante, preservar vidas.

A atitude correta é fundamental para um trânsito mais seguro. Respeitar as leis de trânsito é uma decisão consciente e que faz toda a diferença quando o assunto é salvar a sua vida ou de outras pessoas..

 

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.