CARTAS

LIO DO COVID-19

A Histria, tanto antiga quanto recente, relata vrios casos em que insetos foram usados como armas biolgicas. Obviamente, o covid-19 no requer um vetor de inseto - como a dengue, a febre amarela, entre outras de ainda difcil controle em nosso pas - pois nesta pandemia o vetor o prprio ser humano, mas com certeza demonstra a eficcia de uma doena em causar misria, morte e destruio econmica. Independentemente de ter sido uma liberao intencional ou no, a lio que devemos desenvolver uma infraestrutura de sade pblica forte que possa ser usada para responder a uma introduo acidental ou nefasta de um novo patgeno.

Joo Manuel Maio

So Jos dos Campos

ENXERGAR DEUS COM ALMA

Quando o homem branco comeou a desbravar o oeste do Estados Unidos, havia ali centenas de tribos indgenas, como os Sioux, Apache, Comanche, Creek, Navajo, Cherokee, Choctaw, Cheyenne, entre tantas outras. Apesar da reputao de selvagens, eram povos de grande espiritualidade e se valiam das lendas como forma de propagar ensinamentos e ainda perpetuar a sua cultura para as futuras geraes. Muitas dessas lendas atravessam os tempos e, at hoje, provocam reflexes. Uma das lendas, de inigualvel grandeza humana, a que descreve o ritual de passagem da juventude para a fase adulta dos ndios Cherokees. Diz a lenda que ao entardecer, o pai pegava o filho pela mo, levava para a floresta, vendava os olhos do jovem ndio com uma tira de couro e o deixava sozinho. O filho se sentava, s, no topo de uma colina, durante toda a noite e no podia remover a venda at que os raios do sol brilhassem no dia seguinte. Se ele passasse a noite toda ali, seria considerado um homem e, portanto, aceito na tenda dos bravos guerreiros Cherokees. O jovem ndio estava naturalmente amedrontado. Sem viso e, portanto, com a audio mais aguada, ele podia ouvir toda espcie de barulho ao seu redor. Os animais selvagens podiam estar na espreita e ataca-lo; talvez alguns homens brancos ou ndios de tribos inimigas pudessem feri-lo; os insetos e cobras podiam pic-lo; talvez sentisse frio, fome e sede. Ele ouvia o vento soprando as folhas e sacudindo os trocos, mas ele no removia a venda. Para os Cherokees, este era o nico modo dele se tornar um homem. Finalmente, aps a noite horrvel, o sol reaparece e a venda removida. Quando a luz penetra nos olhos do jovem ndio ele ento descobre o seu pai sentado na colina, ao lado dele. O pai estava ali, em silncio, a noite inteira, o tempo todo, vigilante, protegendo o seu filho dos perigos enquanto ele se tornava adulto segundo a tradio da Nao Cherokee. Estamos vivendo noites escuras diante da pandemia da Covid-19, que diante da perplexidade e profundidade dos sentimentos que estamos experimentando, nos abate e nos reduz, em razo dos conflitos do isolamento e incertezas quanto ao trabalho e o sustento. Concomitantemente, nos conduz a uma reflexo quanto ao conhecimento mais ntimo de ns mesmos. Mesmo longe das nossas igrejas, temos a percepo da inspirao Divina e, como criatura, a inequvoca presena do Criador sentado, o tempo todo, ao nosso lado, quando experimentamos enxergar Deus com os olhos da alma e estar confiantes na aurora de um novo dia. A noite escura da Covid-19 logo ser luz porque o sol reaparecer. Portanto, evite tirar a sua venda antes do amanhecer!

Antonio Carlos R. Santos

Jacare

FIQUEM EM CASA

Em apenas 30 dias, ou seja, de 17 de maro, deste ano em que foi anunciada a primeira morte em consequncia do novo coronavrus, at s 17 horas desta quarta-feira 1.736 pessoas morreram e outras 28.320 infectadas por essa ainda desconhecida e letal pandemia. E, infelizmente, conforme expectativas dos especialistas estamos distante do pico dos efeitos do coronavrus no Pas. Porm, no mundo, j so mais de 2 milhes de infectados, e quase 150 mil mortes. A ordem que a populao, por favor fique em casa, se proteja, e o prximo tambm. O isolamento social determinado por governantes sensatos e responsveis tem se mostrado eficiente, e minorado o nmero de mortes e infectados. Ou seja, Jair Bolsonaro, nunca foi um bom conselheiro, at porque, de forma irresponsvel afronta cientistas, infectologistas, j que deseja o fim do isolamento social.

Paulo Panossian

So Carlos-SP

DADOS DO CORONAVRUS

Eu particularmente no acredito em pesquisas, at porque, nunca vi e nem fui pesquisado. E tem outra, se observarem, todo inicio de ms esse ministro Mandetta sai com um novo dado sobre o pico da pandemia, em maro disse que o pico seria em abril, agora j jogou para maio/junho, vai acreditar em pesquisas!

Mario Celso Guimares

Taubat

DADOS DO CORONAVRUS-2

80% nem sabem serem portador do vrus e como os teste tem um baixo ndice de efetividade com mais falha do que acerto, sim possvel que hoje tenhamos mais de 1000% a mais de casos.

Jorge Reis

So Jos dos Campos

Assinar OVALE

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi to lido. So mais de 13 milhes de acessos por ms apenas nas plataformas digitais, alm da publicao de quatro edies impressas por dia. O importante que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem lder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crtico, plural, moderno e apartidrio. Informao com credibilidade, imprescindvel para a construo de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notcia a verdade. E ns assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalstica da regio.