Palmeiras perde para o CRB nos pênaltis e está eliminado da Copa do Brasil

Gazetapress | @jornalovale

Nesta quarta-feira, o Palmeiras foi eliminado pelo CRB, em pleno Allianz Parque, pela terceira fase da Copa do Brasil. Depois de perder por 1 a 0 no tempo normal, o Verdão desperdiçou quatro cobranças nas penalidades e deu adeus à competição. O gol do time alagoano com a bola rolando foi marcado por Ewandro.

O Palmeiras levou um susto logo aos três minutos, com Ewandro abrindo o placar para o CRB após erro de Victor Luis. A partir deste momento, o Alviverde controlou as ações ofensivas e criou algumas chances para igualar, porém esbarrou na falta de pontaria e em defesas de Diogo Silva.

Na segunda etapa, o cenário foi mantido. Enquanto o CRB esteve fechado em seu campo, buscando o contra-ataque, o Palmeiras alugou a intermediária ofensiva, apostando em chutes de fora da área e cruzamentos.

Agora, o Palmeiras aguarda a definição de todos os classificados para as oitavas da Copa do Brasil. A CBF, então, fará um sorteio para definir os confrontos da próxima fase do torneio. O Verdão volta a campo neste domingo, contra o Corinthians, às 18h, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro.

O jogo - Na primeira chegada do Palmeiras, Rony foi acionado pelo lado direito da área e tocou para Wesley, que desviou na pequena área e parou em defesa do goleiro. Em seguida, no entanto, o CRB abriu o placar aos cinco minutos. Victor Luis tocou de cabeça errado, Diego Torres fez bom passe para Ewandro, que invadiu a área e finalizou por cima de Weverton.

Na sequência, Rony recebeu passe de Mayke nas costas da defesa, tirou do goleiro e viu Gum afastar a bola em cima da linha. Depois de passar um bom tempo sem chegar com perigo, o Verdão assustou em dois lances seguidos. Primeiro, Victor Luis finalizou de fora da área e exigiu defesa de Diogo Silva. Logo em seguida, Renan desviou de primeira dentro da área e, a bola passou rente à trave.

Na reta final do primeiro tempo, o Palmeiras ainda levou perigo com dois chutes de fora da área. Primeiro, Scarpa mandou à direita do gol, com Diogo Silva só olhando. Na sequência, foi a vez de Veiga arriscar e exigir boa intervenção do goleiro do time alagoano.

Segundo tempo

Logo no início do segundo tempo, Diogo Silva fez uma grande defesa e impediu o gol de empate do Palmeiras. Luiz Adriano aproveitou cruzamento desviado e finalizou de primeira, parando no goleiro. Em contra-ataque, o CRB quase marcou o segundo no jogo. Reginaldo enfiou para Diego Torres, que saiu na cara de Weverton e finalizou em cima do arqueiro.

Scarpa cruzou pela direita e Rony apareceu na segunda trave para cabecear, acertando a rede pelo lado de fora. A partir dos 25 minutos, Scarpa passou a arriscar diversos chutes de fora da área, já que o CRB bloqueou os espaços. A maior parte deles foi para fora, porém Diogo Silva também voltou a trabalhar.

Breno Lopes teve ótima chance após cruzamento da esquerda, finalizando dentro da área e colocando o goleiro para trabalhar. Marcos Rocha pegou sobra na entrada da área e encheu o pé, vendo Diogo Silva espalmar e evitar o gol. No último lance, Scarpa chutou por cima do gol, levando a decisão para os pênaltis.

Nas penalidades, Willian, Scarpa e Victor Luis converteram as suas cobranças pelo Palmeiras. Do lado do CRB, Diego Torres, Hyuri e Carlos Jatobá balançaram as redes. Guilherme Romão, Reginaldo, Dudu e Diogo Silva, do time alagoano, desperdiçaram as cobranças, enquanto Lucas Lima, Breno Lopes e Marcos Rocha pararam em defesas de Diogo Silva, e Luiz Adriano mandou no travessão, culminando na eliminação do Palmeiras.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS (3) 0 X 1 (4) CRB

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Data: 9 de junho de 2021, quarta-feira

Horário: 19 horas (de Brasília)

Árbitro: Antonio Dib Moraes de Souza (PI)

Assistentes: Rogério de Oliveira Braga (PI) e Márcio Iglesias Araújo Silva (PI)

Cartões amarelos: Gum, Frazan (CRB); Luan (Palmeirense)

GOLS:

CRB: Ewandro (cinco minutos do 1º tempo)

PALMEIRAS: Weverton; Mayke (Marcos Rocha), Luan, Renan e Victor Luis; Felipe Melo (Zé Rafael), Gustavo Scarpa, Raphael Veiga (Lucas Lima); Wesley (Willian), Rony (Breno Lopes) e Luiz Adriano.

Técnico: Abel Ferreira

CRB: Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Frazão e Guilherme Romão; Marthã (Claudinei), Jean Patrick (Carlos Jatobá) e Diego Torres; Ewandro (Dudu), Erik (Calyson) e Hyuri

Técnico: Allan Aal

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido, assistido, curtido e compartilhado. São mais de 23 milhões de visualizações por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação da edição impressa, revistas e suplementos especiais. E sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Seja livre, seja OVALE. Viva a democracia. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.