Desfalcado e com um a menos, Palmeiras sofre gol nos acréscimos e perde do lanterna Goiás

Gazetapress | @jornalovale

Após enfileirar quatro vitórias consecutivas, o Palmeiras teve sua série de triunfos pelo Campeonato Brasileiro interrompida na noite deste sábado. No Estádio da Serrinha, com uma série de desfalques e Mayke expulso ainda no primeiro tempo, o time palestrino sofreu um gol nos acréscimos e perdeu por 1 a 0 do Goiás.

Com 34 pontos, o Palmeiras permanece na quinta colocação do Campeonato Brasileiro. Já o Goiás, ainda em situação delicada, é o último colocado com 15 pontos, nove a menos que o Atlético-GO, primeiro time fora da zona de rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro.

O Palmeiras volta a campo para enfrentar o Delfin às 19h15 (de Brasília) desta quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa Libertadores, como visitante. O Goiás, por sua vez, pega o Fortaleza às 20 horas de quinta, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Castelão.

O Jogo - O Palmeiras assustou no Estádio da Serrinha ainda nos primeiros segundos da partida. Em jogada pela direita, Luiz Adriano bateu para defesa de Tadeu. No rebote, o centroavante mandou para o gol novamente e o goleiro do Goiás espalmou para escanteio.

Na metade da etapa inicial, Luiz Adriano sentiu a coxa esquerda em uma arrancada e acabou substituído pelo estreante Fabrício. A situação do Palmeiras ficou ainda pior aos 38 minutos do primeiro tempo, quando Mayke entrou de sola no tornozelo de Taylon e acabou expulso com a ajuda do VAR.

Pouco depois, com o Goiás em vantagem numérica, Keko desceu pela esquerda e cruzou para Shaylon, de virada, perder a melhor chance da partida. O time da casa ainda levou perigo em finalização de Keko pela esquerda, defendida pelo goleiro Weverton.

No final do primeiro tempo, para recompor sua equipe após a expulsão, Abel Ferreira trocou Marcelinho e Lucas Lima por Gabriel Menino e Lucas Esteves. Na etapa complementar, mais recuado e compacto, o Palmeiras passou a defender com uma linha de cinco.

Mesmo com um a mais em campo, o Goiás sofria para construir oportunidades de gol. Na primeira chegada consistente do time da casa no segundo tempo, Jefferson recebeu de Keko pela esquerda e cruzou. Fernandão completou de cabeça e viu a bola sair à direita do gol de Weverton.

O Goiás marcou o gol da vitória aos 47 minutos do segundo tempo. Miguel Figueira recebeu pela esquerda, carregou para o meio e arriscou de fora da área para marcar um golaço. Pouco depois, Lua ainda quase empatou para o Palmeiras.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 1 x 0 PALMEIRAS

Local: Estádio da Serrinha, em Goiânia (GO)

Data: 21 de novembro de 2020, sábado

Horário: 21h (Brasília)

Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (Fifa-RJ)

Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ)

VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Cartões amarelos: Miguel Figueira (GOI); Renan, Gabriel Menino e Abel Ferreira (PAL)

Cartão vermelho: Mayke (PAL)

GOIÁS: Tadeu; Taylon (Rafael Moura), Fabio Sanches, David Duarte e Jefferson (Rodrigues); Breno, Ariel Cabral (Miguel Figueira) e Gustavo Blanco (Alyson); Keko, Douglas Baggio e Fernandão (Shaylon)

Técnico: Augusto César

PALMEIRAS: Weverton; Emerson Santos, Gustavo Gómez e Renan; Marcos Rocha, Patrick de Paula, Lucas Lima (Lucas Esteves), Ramires e Mayke; Marcelinho (Gabriel Menino) e Luiz Adriano (Fabrício e depois Luan)

Técnico: Abel Ferreira

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.